Telescola – Ensino Pré-Escolar e Ensino Básico

Arquivado em Educação e Ensino

Dadas as contingências relacionadas com a pandemia do COVID-19, todo o 3.º período (que inicia no dia 14 de Abril — ver calendário do ano escolar) será realizado sem atividades letivas presenciais. O ensino será totalmente realizado através de aulas online através das diversas metodologias e plataformas (por exemplo, Zoom, Microsoft Teams, Google Classroom, entre outras) adotadas por cada professor ou escola. Para os alunos do Ensino Secundário ainda existe a possibilidade de as aulas presenciais iniciarem em Maio, dependo da evolução da situação pandémica em Portugal.

De referir, ainda, que as Provas de Aferição (2º, 5º e 8º anos de escolaridade) e as Provas Finais (9º ano de escolaridade) foram canceladas, pelo que os alunos não as irão realizar este ano. Relativamente aos alunos do Ensino Secundário (11º e 12º anos) os Exames Nacionais foram adiados para Julho (1ª Fase) e para Setembro (2ª Fase) — ver aqui as datas dos Exames Nacionais.

Como complemento a este ensino à distância, o Ministério da Educação em parceria com a RTP (e o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian) irá disponibilizar o recurso de ensino/aprendizagem através da TV, no canal da RTP Memória para o Ensino Básico (1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico) e no canal da RTP2 para as crianças em idade pré-escolar.

As aulas no formato Telescola (#EstudoEmCasa) irão iniciar no dia 20 Abril. As aulas serão ministradas por blocos curriculares, para os vários anos letivos, em diversos horários e dias da semana (de 2ª a 6ª feira). Ver tabela mais abaixo (download em PDF).

Poderão, ainda, assistir às diversas aulas no RTP Play: https://www.rtp.pt/play/estudoemcasa/


No Ensino Básico as aulas serão transmitidas na RTP Memória através dos seguintes canais: canal 7 na TDT, canal 18 na NOS, canal 100 na MEO e canal 17 na VODAFONE.

Para os alunos do Ensino Secundário, dado o número elevado de disciplinas contempladas neste nível de ensino, não irá ser disponibilizado este recurso da Telescola, sendo ministrado através das diversas metodologias e plataformas referidas anteriormente (existe ainda a possibilidade de aulas presenciais em Maio se evoluir favoravelmente a situação pandémica em Portugal).